Através da dança de salão, pelos ritmos Forró ou Bolero, empregando as técnicas da bioenergética e da psicanlálise, este curso tem como finalidade despertar sentimentos e sensações dos participantes, tais como: a atração mútua, a sedução, a parceria e a cumplicidade, além de desenvolver consciência corporal, promover o auto-conhecimento e o equilíbrio emocional, resgatando as características fundamentais da energia masculina e feminina.


Público Alvo:
Para pessoas que queiram melhorar seu relacionamento, a sua auto-estima ou até mesmo ampliar a sua vida social.

Aspectos trabalhados na dança de salão que refletem e se mostram no relacionamento.

Dança = Relação

No homem:

  • Convite a dançar - Persuasão e capacidade de sedução.
  • Primeiros toques e acomodação para dançar – primeiras impressões no relacionamento
  • Planejar o trajeto da dança – planejar os caminhos da relação, ter planos para sua parceira e para a relação
  • Variar os passos – Proporcionar uma relação rica em acontecimentos
  • Segurar com firmeza - afirmar e reafirmar seu desejo (tratá-la como aquela que falta) pela parceira
  • Levar a parceira – Forma e persuasão ao propor algo para a parceira na relação
  • Boa execução dos passos - Capacidade de proporcionar o prazer pelos próprios sentidos
  • Alinhamento e conforto da postura de dança – Disposição para o seu envolvimento da relação. O homem se sente bem nesta posição?
  • Olhar nos olhos - Capacidade de se doar na relação, percepção do valor que a parceira tem para ele e a capacidade deste em transmitir esse valor à parceira.
  • Pisar no pé – como lidar com o fracasso e como se comporta quando este machuca sua parceira (como desculpar-se de algo ou não desculpar-se) – Como lida com a responsabilidade, a educação e a culpa na relação – Perceber seu lugar na relação. Condução da relação em caso de estresse
  • Final da dança, poses, sorrisos e agradecimentos – Reações depois de um momento de prazer (sexo), capacidade de finalizar ciclos de relação de maneira positiva.

Para a mulher:

  • Primeiras impressões na dança - Capacidade de perceber as características do parceiro e analisá-los com base no seu desejo: inteligência, criatividade, coordenação, tato, carinho, cheiro,cooperação, paciência, perseverança e liderança.
  • Facilidade de condução (leve: percebe as sutilezas e as intenções e reage a elas – pesada: abandona seu corpo ao parceiro) capacidade de entregar-se sem abandonar-se, autoconfiança e alta-estima na relação, estar segura em adotar uma postura na relação.
  • Desenvoltura corporal – Desinibição e aceitação do próprio corpo e auto-imagem.
  • Alinhamento na postura da dança e aproximação – Disposição para envolver-se em uma relação.
  • Figuras e poses – Autoconfiança e entrega na relação sem deixar-se abandonar.{/listing}{/list}

Para os dois:

  • Eixo – Criar um ponto de equilíbrio na relação a partir do eixo dos dois e não basear o eixo da relação (equilíbrio) em um ou outro.
  • Seguir a linha melódica da música – Afastar os males de ansiedade (viver no futuro) e da depressão (viver no passado) na relação, trabalhando as reações no presente de forma calma e segura.

facebook_page_plugin